Jornalistas da Forbes poderão contar com inteligência artificial para escrever

Inteligência artificial está sendo testada e atuará principalmente ao escreverem histórias sobre acontecimentos que seguem em curso, trazendo contextos e sugestões

StartSe - Por: Tainá Freitas


A Forbes estaria testando uma aplicação de inteligência artificial para auxiliar seus jornalistas, segundo o Venture Beat.

A ferramenta auxiliaria os profissionais principalmente ao escreverem notícias sobre acontecimentos que seguem em curso.

Dessa forma, ao escrever o seguimento de uma história, o sistema traria tópicos semi automatizados baseados nas notícias anteriores dos próprios repórteres. A ferramenta atuaria como um "rascunho" a ser seguido.

A inteligência artificial também atuaria na escolha de imagens que ajudariam a matéria a ter mais impacto, além de sugerir contextos relevantes acerca do assunto retratado.

A expectativa é de que a novidade seja disponibilizada para todos os jornalistas da Forbes na América do Norte e Europa ainda no primeiro trimestre deste ano.

A Forbes não é o primeiro veículo jornalístico a contar com a inteligência artificial para acelerar processos. O The Washington Post – adquirido por Jeff Bezos -, The Associated Press e Los Angeles Times já realizaram experiências semelhantes, principalmente para facilitar insights.

O primeiro âncora robô
A inteligência artificial não está impactando apenas as redações jornalísticas. Em novembro do ano passado, a China apresentou, em vídeo, o primeiro âncora robô do mundo.

A novidade foi criada pela Xinhua, agência oficial de notícias do governo chinês, que agora conta com dois âncoras robôs dotados de inteligência artificial.

O veículo afirmou que os robôs “reduziram custos da produção de notícias, aumentando a eficiência”.



Disponível em: https://www.startse.com/noticia/nova-economia/59430/jornalistas-da-forbes-poderao-contar-com-inteligencia-artificial-para-escrever Acesso em: 8 Jan. 2019

Veja Também

As lições do coronavírus para a experiência do funcionário

Muitos ainda acreditam que a principal motivação do ser humano é a recompensa econômica. A pandemia no...

Por que a experiência do cliente deve ser o foco do seu negócio?

O processo de transformação digital nas empresas foi acelerado pela pandemia e a IBM Brasil e o MIT Sl...

O lado bom do perfeccionismo? Criatividade.

O perfeccionismo é um senhorio sofrível, mas um excelente escravo. Há desvantagens em deixá-lo assumir...

Peça o seu Orçamento

Nossa equipe está esperando pelo seu contato......

Clique Aqui