Cuidando da saúde mental de seus funcionários pós-Covid

Quando a pandemia chegar ao fim, as empresas deverão examinar suas práticas para garantir o bem-estar de seus empregados

Por: Publieditorial - Administradores.com

 

A pandemia de Covid-19 abalou todas as indústrias, resultando em enormes mudanças nos ambientes e estresse relacionado ao trabalho. Como resultado disso, a saúde mental dos funcionários de empresas passou por uma montanha russa de emoções, com muitos não se sentindo apoiados por seus empregadores.

Quando a pandemia chegar ao fim, será mais importante que nunca que as empresas examinem suas próprias práticas para apoiar a saúde mental de seus funcionários. Voltar ao normal levará tempo e é crucial que as empresas forneçam compreensão e recursos para manter seus empregados bem.

A saúde mental é um assunto muitas vezes subestimado nas empresas, mas é essencial garantir que suas equipes tenham o apoio que merecem. Neste artigo, discutiremos como as empresas podem apoiar e cuidar melhor da saúde mental de seus funcionários quando emergirmos da pandemia.

Burnout e estresse após a pandemia

A pandemia tem sido um obstáculo extremamente desafiador para todos os membros de uma empresa, desde os líderes empresariais até os funcionários da equipe de nível inicial.

Ser forçado a se adaptar a ambientes de trabalho remotos fez com que cada funcionário tivesse que aprender novos métodos de trabalho em equipe, tudo isso enquanto tentavam garantir que as operações comerciais permanecessem estáveis, apesar de tempos sociais e políticos altamente instáveis.

Como resultado, muitos funcionários experimentaram níveis elevados de burnout e esgotamento relacionado ao trabalho. Essa sensação de exaustão pode levá-los a se sentirem insatisfeitos com seu trabalho, impactando, no fim das contas, a empresa inteira.

Entretanto, a solução não é punir a falta de produtividade que resulta do desgaste dos funcionários, mas sim examinar como a empresa e seus líderes podem apoiá-los melhor e trabalhar proativamente para evitar a exaustão e o burnout.

O trabalho remoto de forma mais eficaz

O trabalho remoto traz inerentemente benefícios para os funcionários - e não ter que se deslocar para chegar ao trabalho é um dos maiores. No entanto, a modalidade também vem com suas desvantagens.

Em alguns casos, os funcionários podem ter sentido uma pressão adicional para provar seus níveis de produtividade aos empregadores, e acabam trabalhando horas extras. De fato, pesquisas internas recentes do grande líder bancário Goldman Sachs revelaram que os banqueiros juniores estão trabalhando 100 horas por semana - e experimentando burnout por causa disso.

Permitir que os funcionários trabalhem mais efetivamente de casa significa que os líderes da empresa precisam ser mais firmes no estabelecimento de expectativas para seus funcionários e membros da equipe seguirem. Definir claramente quais horas e objetivos são esperados dos funcionários em uma base diária ou semanal pode ajudar muito na melhor administração do tempo e dos horários, ficando mais fácil evitar o burnout.

Reconhecendo os sinais de burnout dos funcionários

Para combater de modo eficaz o burnout dos funcionários que tem sido difundido durante toda a pandemia, é importante que os líderes empresariais reconheçam os sinais de estresse e insatisfação em seus empregados. Isto não só ajudará a tomar medidas proativas para evitar o burnout, mas também mostrará aos funcionários que você está pronto e disposto a ouvir suas necessidades.

Os sinais de burnout nos empregados podem incluir:

  • Incapacidade de concentrar por longos períodos;
  • Desengajamento com os colegas ou membros da equipe;
  • Expressões de insatisfação;
  • Ficam frustrados ou enfurecidos rapidamente.

Oferecendo compaixão e apoio aos empregados

A chave para superar o burnout dos seus funcionários e ajudá-los a administrar as questões de saúde mental que têm surgido durante a pandemia é ser compassivo e compreensivo. Este tem sido um momento difícil para todos, e levará algum tempo para que as equipes de negócios se recuperem.

O que é realmente crucial durante este período, conforme o mundo se reabre, é fornecer o suporte adequado aos membros de sua equipe.

Algumas opções de apoio à saúde mental no local de trabalho incluem:

  • Recursos de Saúde Mental Onsite e Virtual: apoiar os funcionários significa facilitar a busca de ajuda quando eles precisarem dela. As empresas devem trabalhar com seus departamentos de Recursos Humanos para garantir que os empregados tenham acesso a aconselhamento e recursos de saúde mental;
  • Incentivo ao descanso e tempo livre: o descanso é um fator essencial para superar o burnout. Encorajar os funcionários a estabelecerem limites claros consigo mesmos, trabalhando apenas horas designadas e tirando seu tempo de descanso, é fundamental para garantir que eles tenham os períodos essenciais de repouso de que precisam;
  • Estar disponível para os funcionários: estar conectado à sua equipe é mais importante do que nunca. Os líderes empresariais precisam se esforçar para reservar horários específicos em sua agenda para estarem disponíveis para seus funcionários. Além disso, é muito importante ter reuniões ou discussões individuais onde fique claro que os funcionários podem abordar os líderes para obter ajuda;
  • Pedir Feedback: as únicas pessoas que podem realmente informar sobre o bem-estar e a satisfação dos funcionários são os próprios funcionários. Esteja aberto e disposto a receber feedback sobre o que está e o que não está funcionando no local de trabalho.

Considerações finais

O ano de 2020 deu a quase todas as indústrias alguns deseus desafios mais difíceis até agora, e os funcionários estão sentindo o esgotamento em meio à pandemia. Por causa disso, é mais importante do que nunca estar atento à saúde mental de sua equipe.

Para poder ajudar os empregados a superar esse esgotamento e as dificuldades de saúde mental associadas à pandemia, as empresas devem garantir que tenham os recursos para prover o apoio adequado. Ao cuidar do bem-estar mental de seus funcionários, você fortalecerá ainda mais sua empresa.

 

Disponível em: https://administradores.com.br/noticias/cuidando-da-saude-mental-de-seus-funcionarios-pos-covid Acesso em: 28 Maio 2021

Veja Também

Empreendedores devem ficar atentos ao aumento da Selic

Decisão do Copom deixa crédito mais caro e empreendedores devem fazer boa gestão financeira para pagar...

Vendas no comércio crescem 10,1% no primeiro semestre, diz Serasa

Esse foi o maior crescimento semestral desde 2010

Bilionário Richard Branson vai ao espaço em foguete da sua empresa Virgin Galactic; voo durou cerca de 20 minutos

Fundador do grupo Virgin se antecipou a Jeff Bezos, da Amazon, e se torna o primeiro empresário a voar...

Peça o seu Orçamento

Nossa equipe está esperando pelo seu contato......

Clique Aqui